Papo Jedi: Supply Chain Analytics: Reduzindo vulnerabilidades e revolucionando a Cadeia

Por: Felipe Moraes

Ao longo dos últimos anos, um tema recorrente nas discussões com executivos da área de Supply Chain e em grandes fóruns de diversos setores é: Como podemos transformar dados em informações úteis para os negócios? Como reduzir riscos por meio de análises e automatizações de dados? O que é preciso para nos posicionarmos como líderes ou sermos referência em nossas indústrias?

É comum identificarmos rupturas em nossa cadeia de Supply Chain nas suas diversas áreas em decorrência de riscos relacionados a macro ambientes, rupturas em nossa value chain originadas por parceiros de negócio e dificuldades operacionais de nossos processos, que em muitas vezes são tratados com a aplicação de diversos controles internos, revisões de processo e recomendações de auditorias de risco. Mas será que esse é o caminho?

A era digital e o acesso a dados e informações que até tempos atrás era pouco utilizada, tem mostrado que as empresas de melhor resultado financeiro, crescimento e reconhecimento por práticas inovadoras em Supply Chain tem como seus direcionadores a aplicação de conceitos de Big Data, Advanced Analytics e Inteligência Artificial.

Muitas vezes é necessário que nossa cadeia seja mais resiliente e entenda que ao invés de fazermos grandes investimentos para mapear ações corretivas precisamos estar preparados para investir em tecnologias que nos permitam tomar ações preditivas e antecipadas a riscos já identificados em processos.

Alguns executivos consultados nos últimos meses disseram que em sua jornada até 2021 devem fazer grandes investimentos na transformação digital de seus processos e em análises avançadas das informações de seus processos de Supply Chain. (Inteligência Artificial e Advanced Analytics) Com o cenário apresentado, também tem sido exigido dos profissionais da área, que busquem cada vez mais cursos de especialização que lhes permitam fazer de forma rápida e eficiente análises e gestão de dados, utilização dos dados nos processos de tomada de decisão e o desenvolvimento de soluções e dashboards analíticos.

Mas o que se busca tratar com todos esses investimentos e capacitações? Alguns dos principais tópicos endereçados são:

  • Reduções e transformações de custo;
  • Melhoria da qualidade no desenvolvimento de produtos e na execução de processos;
  • Melhoria de serviços na performance dos transportes, nos modelos de distribuição e no nível de serviço aos clientes e fornecedores;
  • Otimização de Inventário.

Apesar de todo investimento muitos desafios ainda são enfrentados por empresas de grande porte das indústrias de bens de consumo, varejo e farmacêutica, devido a alta complexidade na gestão dos seus diversos SKUs e canais de atendimento.

Quer entender como reduzir a vulnerabilidade da sua cadeia de Supply Chain e se posicionar no quadrante de liderança da sua indústria?

Nos procure! Nós da AGR Consultores temos muito a contribuir com isso!!!

Compartilhe esta página: