Dicas para você selecionar o melhor ERP



Por Giuliana Grinover

Atualmente, existem muitas opções e tecnologias disponíveis para usarmos em nossos projetos e empresas. Mas qual delas é a ideal? Nem sempre o que o seu concorrente utiliza é o melhor para sua empresa.

Escutamos de vários clientes nossos coisas como: “vou comprar tal ERP pois meu concorrente usa!” ou ainda, “todo mundo usa esse sistema, deve funcionar para nós também…”, “ esse ERP tem uma carinha tão bonitinha…”.

Se você já pensou algo parecido, antes de tomar sua decisão, compare seu raciocínio com as seguintes dicas:

  • Revisão dos processos com visão de futuro

É importante saber o que se deseja. Muitas vezes, queremos ter controle de nossa operação, mas não colocamos no papel o que realmente precisamos e desejamos para um futuro de médio e longo prazo. Apenas para dar um exemplo, empresas que não possuem um canal de e-commerce, precisam definir se isso vai existir a médio prazo e como esse canal vai funcionar. Normalmente, o mapeamento e redesenho de processos ajuda a pensar em tudo isso e preparar a empresa para os próximos passos de uma seleção de ERP.

  • Análise da tecnologia atual x desejada

Estamos bastante ágeis no que diz respeito a tecnologia por trás dos ERPs de mercado. Hoje, os dados se interligam e fazem uma interface bastante rápida e segura entre soluções e sistemas nas empresas. Ou seja, não é preciso ter todos os processos dentro de uma mesma solução. Podemos ter várias soluções conversando e trocando informações, de forma eficiente. Novamente, é preciso definir qual o caminho a ser seguido, pois essa mesma tecnologia tem valores distintos que podem chegar a investimentos bastante elevados.

  • Identificação das funcionalidades necessárias ao seu negócio

Com os processos futuros desenhados, pode-se ter uma relação completa de funcionalidades e requisitos, que o sistema deve atender. #FICAADICA . Quando se fala em tecnologia, tudo é possível, mas temos que compreender o que é atendido sem qualquer alteração de programação, e de novo, pode custar caro.

  • Pesquisa qualitativa e quantitativa das soluções disponíveis no mercado

Não é necessário olhar tudo que o mercado oferece. Até porque isso está ficando cada vez mais difícil. Selecione as soluções através de uma pesquisa com informações qualitativas tais como cliente em que atua, tamanho da empresa, plano de desenvolvimento, quantidade de funcionários para implementação e suporte. Nem sempre os maiores fornecedores oferecem as melhores soluções para o futuro que você está desejando para sua empresa.

  • RFP bem estruturada e com foco no que realmente importa

Elaborar uma RFP ou documento que mostre ao mercado o que você precisa e como deseja que tudo aconteça é primordial. Dessa forma, os fornecedores vão se sentir bem mais seguros de estarem vendendo aquilo que você realmente precisa comprar. Outras coisas podem ser apresentadas, claro mas todos saberão que essas coisas não são o que você precisa comprar.

  • Equalização das propostas técnicas e comerciais

Normalmente, processos deste tipo vão ao mercado para analisar com mais profundidade três ou quatro soluções diferentes. Não há necessidade de ver tudo que o mercado oferece. Ajustar-se ao tamanho e à necessidade de sua empresa é primordial.

  • Fechamento do escopo (cronogramas, implementadores, equipes dedicadas)

É importante deixar bem claro o que está no escopo da RFP e o que não está. Isso faz com que os prazos e preços sejam mais realistas. Não pense que os fornecedores gostam de projetos que nunca acabam…. Esses projetos serão eternamente lembrados pelo mercado com casos de insucesso. Escopo fechado significa que os prazos e preços estão estabelecidos na “largada” de um projeto, com todos os processos claros e formalizados na contratação da solução.

  • Equipes dedicadas com análise crítica do ERP

Por fim, não existe implantação de um ERP sem equipes dedicadas do começo ao fim do projeto, que tenham o escopo bem claros e definidos.

Uma mensagem importante para finalizar:  o sucesso de uma RFP para seleção de solução tecnológica é sempre responsabilidade do comprador e não do vendedor. A AGR Consultores pode ajudar você a montar e conduzir um processo de seleção de solução tecnológica bem sucedido, bem como a implantar a solução selecionada.

Fique à vontade para entrar em contato conosco para obter maiores informações.