E agora, CIO? Você está preparado? É tempo de Transformação Digital e você é o convidado principal da festa!



Não há dúvidas, que as melhores decisões são tomadas de forma compartilhadacom cada um contribuindo com sua experiência e conhecimento. O modelo de tomada de decisão atual descontrói, portanto, o processo tradicional, antigo e monocráticoTransformação Digital é uma nova revolução que se beneficia de times fortes em busca de resultados que vão muito além de novas tecnologias, busca Inovação. 

Hoje viemos compartilhar um pouco de nossa visão a respeito da Transformação Digital dentro das organizações. Tema prioritário em qualquer empresa que queira estar em condições de competir numa realidade onde, a cada dia, fica mais difícil distinguir as fronteiras entre concorrentes e parceiros*, físico o digital, e o produto e o serviço. O óbvio simplesmente não é mais tão óbvio. 

Os CIOs vêm sendo constantemente convidados a liderar esses processos transformacionais nas organizações sem o devido apoio. Infelizmente, temos encontrado uma realidade que não sustenta a obtenção dos melhores resultados. Isso ocorre quando a estratégia associada à Transformação Digital não está claramente definida e alinhada entre a alta administração e as demais áreas da organização. Desta forma, corre-se o risco de a área de negócio entregar o que “acha que o cliente quera área de TI entregar o que acha que a área de negócios quer e o cliente continuar insatisfeitonão enxergando valor nas mudanças e nos novos produtos e serviços oferecidos. 

Alguns exemplos contraditórios vemos em empresas que optam por fazer transformação digital, mas a sua estrutura organizacional ainda: tem o dono do estoque do ecommerce e o dono do estoque da loja, o cadastro de produto da loja e o cadastro de produto do ecommerce... Onde vendedores de loja, por não compreenderem que o cliente não é online ou offline, é UM SÓ CLIENTE, são comissionados pela venda online de forma a “tratarem bem” o cliente que vem fazer pick-upEmpresas que não contemplam em seus projetos unificação de estoques, unificação da base de clientes, unificação de preços, formas de pagamento e ofertas,  acabam criando conflitos de canais e experiências frustradasEmpresas que não estão atentas aos fluxos de exceção e ao tratamento adequado dos problemas. 

Processos conduzidos da forma tradicional entregam algum resultado, porém, não entregam o melhor resultado. Quando as áreas não estão integradas no desenho da solução, não  entendimento do negócio e suas doreslogo há uma grande chance de se entregar algo que não atenderá nem a expectativa dos clientes, nem as expectativas dos executivos acionistas. 

O que trazemos para a reflexão é: Transformação Digital não se resume apenas a novas tecnologias, mas também à novas formas de enxergar o negócio, de maneira a trazer inovação e crescimento. É mudança de cultura, de mindset, de modelo mentalE, caso essa missão seja dada a você CIO, o desafio começará na provocação das lideranças e na busca de uma ampla visão de onde sua organização quer chegar com a Transformação digital 

 no mercado várias formas, ferramentas e metodologias para que se conduza a inovação dentro das organizações e, nós da AGR, somos defensores da agilidade com qualidade, pequenas e constantes entregas com visão do todo. Somos adeptos de promover que as empresas pensem a Transformação Digital de forma ampla e transformacional, para somente em seguida, trazer novas tecnologias que – de fato – venham resolver problemas, atender melhor o seu cliente e potencializar o negócio. 

Quando sua empresa tomar a decisão de fazer “de fato” uma transformação digital, estimule as reflexões, assuma a liderança de um alinhamento estratégico, forme um time multidisciplinar e adote uma metodologia e um plano de comunicação: forme squads, tribos e defina sprintsO processo terá erros e acertos e será de longo prazo. 

Nossa experiência sustenta e comprova que o sucesso das iniciativas depende do envolvimento dos times e de uma disciplina impecável nos rituais de gestão do processo de transformação. Digitalizar produtos e processos será fácil, transformar a forma de pensar, agir e trabalhar será o desafio.  

*os frenemies – friend with enemies – que citamos nesse evento Pós-NRF 2020