O “novo normal”: como será o consumo pós-isolamento?



 

⠀⠀⠀Tornou-se incontestável o fato de que a pandemia do COVID-19 causou impactos significantes no Varejo, um dos setores mais afetados pelo isolamento social. Neste momento, o delivery passou a ser uma alternativa para manter estabelecimentos vivos, estreitar relações com os consumidores finais e até conquistar novos públicos. Segundo estudo da Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo sobre os novos hábitos de consumo,  69% dos entrevistados afirmaram ter comprado mais por delivery do que antes do isolamento social, sendo que 78% estão satisfeitos ou muito satisfeitos com essas aquisições. 

⠀⠀⠀Mas qual será o cenário pós-pandemia? Como ficará o consumo quando o período de isolamento social terminar? 

⠀⠀⠀É fato que o Varejo não voltará ao que era antes. Com 92% dos entrevistados nessa pesquisa já tendo realizado alguma compra online, 61% aumentaram o consumo online durante a pandemia e 70% dos entrevistados pretendem comprar mais via sites ou apps após o período de isolamento social. Ao mesmo tempo, a quarta edição do Kantar Thermometer, pesquisa sobre os principais impactos socioeconômicos da pandemia no mundo aponta que, dos consumidores brasileiros que usam os canais de e-commerce, 54% já consideram essa experiência mais positiva do que as compras feitas em lojas físicas. 

⠀⠀⠀Mais uma vez, reinventar-se é mandatório para sobreviver. O e-commerce deixa de ser uma opção e passa a ser um meio de sobrevivência. As mudanças de comportamento do consumidor com o aumento da digitalização das compras e a transformação digital das empresas apontam para uma expansão ainda mais acelerada do e-commerce ao longo de 2020, segundo conclui a pesquisa da SBVC. Cada vez mais, é preciso estar estruturado, com uma gestão profissionalizada, bom planejamento e execução impecável. É preciso investir em eficiência e produtividade para alcançar resultados superiores. E, para isso, conte com o time da AGR Consultores!