Triathlon Empresarial em 2022. Sua empresa está preparada?



 

Acreditamos fortemente que as maiores turbulências no mercado brasileiro já passaram, por isso mantemos nossa visão otimista sobre o mercado. Junto do avanço da vacinação, avança também nossa expectativa em relação à retomada da economia. Pensemos nas tantas coisas que estão represadas, nas celebrações não realizadas, nas viagens, nos negócios postergados, nos cuidados pessoais, nas compras, enfim, nos aspectos que de alguma forma pararam no tempo, aguardando este vendaval chamado pandemia, passar.

 

Vemos grandes vias de crescimento dando sinais no horizonte não muito distante, e setores da economia dando sinais de recuperação, de fôlego. Claro que nossa aposta tem sido fortemente associada à transformação digital, não só do setor varejista, mas também da indústria e por quê não, do setor de serviços. Basta observar quantos prestadores de serviço entraram no online para buscar atender seus clientes, de forma virtual.

 

E nós, em nossas empresas, não podemos aguardar de forma reativa. Precisamos nos preparar para enfrentar todos os desafios que virão pela frente. Não temos como prever as intempéries, se teremos pela frente uma prova de ciclismo, corrida ou natação, ou as três, em sequência. Por isso, quanto mais fortes, estruturados, flexíveis e ágeis estivermos, melhor atravessaremos crises e conseguiremos capturar oportunidades de forma mais producente.

 

Queremos que vocês estejam preparados e mais, estejam se estruturando e ganhando musculatura, porque o calendário para ganhar o jogo de 2022 já começou!

 

Os passos a serem dados devem ter um direcionamento claro para que os investimentos sejam bem aplicados e otimizados. Sua empresa precisa se recuperar ou crescer? Qual o melhor modelo e caminho? Com objetivos e estratégia bem definidos, deve-se rever o design organizacional. Para ter uma empresa ágil, com processos fluidos, é preciso organizar as pessoas de forma a potencializar os resultados, fugir de modelos tradicionais de reconhecimento de equipes e ampliar a colaboração entre as pessoas. As técnicas de gamificação são familiares? Sua estrutura tem a ambidestria necessária para liderar o “business as usual” e a Inovação? E o orçamento de CAPEX e OPEX, já prevê o crescimento projetado? Contempla as melhorias e disrupção que tanto sonhamos? (Conhece a metodologia de Orçamento Base Zero da AGR Consultores?) Seu desdobramento de metas e indicadores já está organizado e detalhado? Lembre-se! Planos de gaveta não atingem resultados! Como vamos orientar nosso time para os objetivos estratégicos? Gerir resultados? Metodologias tradicionais ou OKR’s (Objectives and Key Results)? A gestão precisa acontecer e de forma proativa, engajando e nutrindo o sentimento de dono das equipes!

 

Quer subir ao pódio? Conte conosco!