Tendências no Food Service 2019 … até a cannabis está presente em vários alimentos …



Por: Fabiana Carmona

Os consumidores, a cada geração, estão cada vez mais sedentos por inovação. No Food Service não é diferente, as mudanças precisam acontecer na velocidade em que o mundo vem se transformando. Em um estudo recente da Kerry, realizado na América do Norte, algumas tendências interessantes foram mapeadas para esse ano de 2019.

Na lista, podemos citar como exemplo: os sabores de cozinhas étnicas e regionais, ingredientes promotores de saúde como probióticos e colágeno, proteínas de todos os tipos e até a cannabis em bebidas e comidas.

Nos sabores e ingredientes étnicos, o estudo diz que há um grande interesse, principalmente entre as gerações mais jovens, em explorar alimentos regionais de todo o Mundo. E isso não acontece só na América do Norte, aqui no Brasil a busca por alimentos de outros continentes cresce a cada ano. Há uma variedade enorme de produtos étnicos, como a comida coreana por exemplo, os famosos pokes, comida árabe, ou seja, uma infinidade de sabores surgindo no mercado com uma velocidade incrível!!! 

Os produtos veganos e vegetarianos também foram citados no estudo e essa tendência é Universal. O Brasil atualmente é o quinto maior mercado de alimentação saudável no Mundo. Em 2016, o mercado brasileiro alcançou a marca de R$ 93,6 bilhões em vendas, com perspectiva de crescimento de 4,41% ao ano até 2021. Os restaurantes, redes de fast food e serviços de alimentação que ainda não pensaram em oferecer em seu cardápio produtos para esse público, vão ficar para trás. Quem nunca ouviu falar da coxinha de jaca, ou já se deliciou com hambúrgueres de cogumelos, salgados e sanduíches recheados com legumes e frutas ?!

Alimentos Fermentados e Bebidas … os consumidores estão buscando produtos fermentados devido à ajuda na saúde intestinal. Bebidas funcionais prontas para beber, como o kombucha, apresentam um enorme potencial de crescimento. No Brasil, de acordo com a reportagem do Valor Econômico de 23/10/18, a produção de kombucha se multiplicará nos próximos anos. Há cerca de três anos, algumas indústrias de pequeno porte começaram a produzir a bebida para venda em mercados regionais, e hoje a expectativa é um aumento das vendas em torno de 2000%.

Nas proteínas alternativas, há uma tendência um tanto quanto inusitada. Uma das fontes, as proteínas de insetos, talvez excêntricas demais para o mercado brasileiro, ganham cada vez mais adeptos e atenção publicitária na Europa e nos EUA.  Os insetos como os grilos, estão se tornando uma opção de proteína comum em aplicações como sushi, sopa e muito mais. No Brasil, dentre as alternativas mais utilizadas, estão as proteínas de arroz e ervilha, as quais são viáveis em várias aplicações e apresentam uma crescente demanda em virtude do reconhecido perfil nutricional.

E para finalizar, até alimentos e bebidas à base de cannabis estão em alta. Observou-se que há uma procura por cafés com infusão em cannabis, chás, salgadinhos e até chocolates. Mesmo ainda não legalizados no Brasil e em muitas regiões, a curiosidade está ajudando a aumentar a categoria nos locais em que as vendas do produto são permitidas.

O Mundo do Food Service é um grande mercado a ser explorado! Por isso estamos seguros de que quem está antenado às novas tendências estará à frente. A atualização deve ser rápida para acompanhar as necessidades do consumidor. São muitos caminhos! e nós da AGR estamos prontos para auxiliá-los a embarcar nessas tendências!